Cursos e Debates

 

Biblioteca Hipátia

TV Cidadania Livre

 

3,6 milhões de crianças e adolescentes no Brasil não têm água em casa

 

Estudo do UNICEF mostra que 13,9 mil crianças e adolescentes não têm acesso a nenhum dos direitos analisados

O relatório ‘Pobreza na Infância e na Adolescência‘, elaborado pelo UNICEF, mostra dados chocantes sobre como vivem as crianças e os adolescentes no Brasil.

O relatório mostra que 3,6 milhões de crianças e adolescentes (3.639.892) não têm água dentro de casa. Isso significa que eles enfrentam uma privação extrema desse direito.

Outros 4 milhões de crianças e adolescentes enfrentam uma privação intermediária em relação à água: eles vivem em uma casa com água dentro, mas cuja procedência é poço sem filtro ou de fonte desconhecida. Ao todo, 7,6 milhões de pessoas com até 17 anos no Brasil sofrem com algum nível de privação de água potável.

Água e saneamento são aspectos diretamente relacionados, uma vez que um sistema ineficiente de saneamento pode impactar diretamente a qualidade da água e a saúde de meninas e meninos, em especial os menores de 5 anos, que correm mais risco de morrer por doenças infecciosas e diarreicas.

Os estudos mostram que, dos 61% de crianças e adolescentes brasileiros que vivem na pobreza, 49,7% têm privações múltiplas. Muitas dessas meninas e desses meninos estão expostos a mais de uma privação simultaneamente.

Existem 13,9 mil crianças e adolescentes que não têm acesso a nenhum dos direitos analisados pelo estudo, estão completamente à margem de políticas públicas. No conjunto de aspectos analisados, o saneamento é a privação que afeta o maior número de crianças e adolescentes (13,3 milhões), seguido por educação (8,8 milhões), água (7,6 milhões), informação (6,8 milhões), moradia (5,9 milhões) e proteção contra o trabalho infantil (2,5 milhões).

 

fonte: https://observatorio3setor.org.br/noticias/36-milhoes-de-criancas-e-adolescentes-no-brasil-nao-tem-agua-em-casa/

Últimas Notícias

CopyLeft Cidade Livre 2019 - Comunidade Livre de Aprendizagem