Cursos e Debates

 

Biblioteca Hipátia

TV Cidadania Livre

 

Maricato: É crítico que paulistanos gastem mais com transporte do que alimentação

Muitos criticam os que não se mobilizam em torno de temas como Previdência ou Petrobras, mas ignoram que o brasileiro está com problemas de sobrevivência, diz a urbanista

MARIANE BARBOSA

Diálogos do Sul Diálogos do Sul

São Paulo (SP) (Brasil)

O ano era 1989 e quem governava a cidade de São Paulo era Luiza Erundina e sua equipe de primeira linha. Nomes como Paulo Freire, Paul Singer, Marilena Chauí, Lúcio Gregorio, Paulo Sandroni e Ladislau Dowbor fizeram parte do “superministério” que até hoje é lembrado com carinho por quem viveu essa época. 

Mas, o nome que recebemos na TV Diálogos do Sul é o da arquiteta, urbanista, professora e pesquisadora, ex-secretária de Habitação e Desenvolvimento Urbano do Município de São Paulo na gestão Erundina, Ermínia Maricato. Ela critica o desinteresse político dos gestores da cidade, que não avançaram no projeto de urbanização das periferias.

“Quando criamos o ministério da Cidade [durante a primeira gestão do governo Lula], tínhamos essa utopia de dar relevância para a questão urbana no Brasil”, lamenta a arquiteta, que coordenou a criação do ministério, em 2002. 

Ela comenta que, em São Paulo, por exemplo, nas grandes obras de mobilidade os “indicadores de necessidades sociais” não são obedecidos.

Vanessa Martina Silva
A arquiteta, urbanista e ex-secretária de Habitação e Desenvolvimento Urbano Ermínia Maricato e o jornalista Paulo Cannabrava Filho.

Além disso, na capital, “70% do emprego está no centro, então, muita gente vem de fora e isso custa quase meio salário mínimo para o trabalhador”, explica. “O IBGE mostrou que o nosso povo está gastando mais em transporte do que alimentação”.

“As cidades estão explodindo” e, enquanto isso, muita gente de esquerda critica a suposta apatia do povo, que não se mobiliza em torno de temas como a aprovação da reforma da Previdência ou a privatização da Petrobras, “mas o povo brasileiro está com problemas de sobrevivência, no cotidiano. [Não sabem] como vão comer, como vão pagar o transporte”.

Ermínia Maricato também faz parte do Comitê Nacional do  “Projeto Brasil Cidades”, cuja formulação inicial se deu na Frente Brasil Popular, mas já constitui uma ampla rede de ação coletiva convergente em torno da agenda urbana

O Fórum conta com a parceria e apoio da revista Diálogos do Sul. O diretor-geral Paulo Cannabrava Filho ressalta que a publicação “incentiva todo projeto que reúne gente para pensar criticamente os problemas da cidade de São Paulo”. Todas as quintas-feiras serão publicados textos de pensadores, intelectuais e militantes do projeto.

fonte: https://dialogosdosul.operamundi.uol.com.br/cidades/63194/maricato-e-critico-que-paulistanos-gastem-mais-com-transporte-do-que-alimentacao

Últimas Notícias

CopyLeft Cidade Livre 2019 - Comunidade Livre de Aprendizagem