Cursos e Debates

 

Biblioteca Hipátia

TV Cidadania Livre

 

Um grito global pelo aborto legal

O dia 19 de fevereiro foi convertido, pelas argentinas, no “dia internacional de ação global pelo aborto legal, seguro e gratuito”, quando em 2018 deram início à “maré verde” que conseguiu a meia aprovação de uma lei que então foi rechaçada pelo Senado. O “panuelaço” (manifestação com “panuelos”, que são os lenços verdes que marcaram as manifestações pelo direito ao aborto no período conhecido como “maré verde”) em Buenos Aires se estendeu a mais de 100 cidades da Argentina e do mundo.

Iris Valdemi - Esquerda Diário

quinta-feira 20 de fevereiro| Edição do dia

Foto: Panuelaço em frente à embaixada argentina em Madrid.

Ontem os pañuelos verdes voltaram a rodear o Congresso da Nação, na Argentina. Em Buenos Aires e outras 100 cidades do país sul-americano, jovens, trabalhadores e estudantes exigem novamente o tratamento urgente do projeto apresentado oito vezes, pela Campanha pelo Direito ao Aborto.

Nesta ocasião, comemoraram o primeiro “panuelaço”, do 19 de fevereiro de 2018, que foi o pontapé de um ano de mobilizações e conseguiram a meia aprovação da lei em [na Câmara de] Deputados, que então foi rechaçada pelo Senado. Este ano, as argentinas se mobilizaram sob a consigna “nosso projeto está nas ruas”, para apontar assim seu interesse em que volte a ser tratado este mesmo projeto de lei que foi redigido pelo próprio movimento de mulheres. O lema deste “panuelaço” responde a que o governo de Alberto Fernandez anunciou que apresentará outro projeto alternativo ao Congresso para seu tratamento durante o curso deste ano e as ativistas temes que o mesmo tenha um alcance mais limitado no confronto com o Vaticano.

Em Madrid, as mulheres se autoconvocaram em frente à embaixada argentina e lá estava Josefina Martinez do Izquierda Diario (portal irmão do Esquerda Diário)

IzquierdaDiario.es
 
@iDiarioES
 
 

En la Embajada Argentina 🇦🇷 en acción en apoyo al internacional @PanyRosasEE @PanyRosas_Arg

 
Embedded video
 
See IzquierdaDiario.es's other Tweets
 
 

Também na França e outra cidades europeias houveram manifestações de solidariedade com a luta da maré verde.

RévolutionPermanente
 
@RevPermanente
 
 

Valérie, militante féministe d’Alerta Feminista, était au rassemblement pour l’, pour exiger un avortelent libre, gratuit, et sûr pour toutes les femmes.

 
Embedded video
 
17 people are talking about this
 
 

A argentina Andrea D’Atri, fundadora do grupo Pan y Rosas, se solidarizou desde a Barcelona, onde se convovou a Assembleia 8M neste dia para continuar os preparativos da marcha para o Dia Internacional das Mulheres e realizou um panuelaço simbólico.

Andrea D'Atri ✊🚩💚💜🎗
 
@andreadatri
 
 

Estuve en la delegación q presentó proyecto al Congreso la 1ra vez con Norita y Lohana, y en todas las sig. Estuve en el 2018 y en muchísimos otros. Defendí el proyecto en Diputados y hoy las acompaño desde BCN

 
Embedded video
 
See Andrea D'Atri ✊🚩💚💜🎗's other Tweets
 
 
fonte: http://www.esquerdadiario.com.br/Um-grito-global-pelo-aborto-legal

Últimas Notícias

CopyLeft Cidade Livre 2019 - Comunidade Livre de Aprendizagem